Positive Company

11 dicas de como organizar a sua vida financeira

Confira 11 dicas que vão te ajudar a organizar sua vida financeira e fazer o dinheiro trabalhar para você

Na foto um homem segura um pote com dinheiro. | Texto - Confira 11 dicas que vão te ajudar a como organizar sua vida financeira e fazer o dinheiro trabalhar para você.
Foto: Melissa Walker Horn

Quem nunca pensou em ter uma vida financeira saudável ao ponto de conseguir realizar seus sonhos e viver uma vida sem sufocos financeiros? 

Isso pode aparentar ser algo distante, mas conquistar a liberdade financeira é fruto de um processo não muito complexo. Entretanto, devo alertar que os requisitos essenciais para uma vida financeira plena são a dedicação e o foco.

Neste artigo vou te contar 11 dicas de como organizar a sua vida financeira, eles são passos que foram e ainda são seguidos por pessoas que saem do status de endividados para os de pessoas prósperas e até mesmo de milionárias.

Antes de qualquer coisa, tenho que falar algo para você!

A organização financeira não é só uma necessidade para pessoas ricas, ela é essencial a todas pessoas. Desde as que querem ter um estilo de vida tranquilo àquelas que possuem anseios de se tornarem super bem sucedidas financeiramente.

Dito isso, siga a leitura para descobrir como organizar a sua vida financeira

Por que organizar sua vida financeira

Existem muitos motivos para organizar a sua vida financeira, começando pelo fato de que ninguém gosta de viver com a sensação de pressão que a falta de organização traz. Crescemos com muitos tabus referentes ao dinheiro que faz a nossa relação com ele ser um problema. Em alguns casos,  o desafio não se dá pela falta de moeda, mas sim pela falta de conhecimento de como utilizar o dinheiro.

Não ter organização financeira é sinônimo de perda! 

Pois sem ela, você deixa de aproveitar viagens, festas, momentos em família, fica impossibilitado de adquirir produtos e serviços que deseja. Sem organização financeira você fica a mercê de um sistema que dita as regras da sua liberdade, o que é uma coisa muito chata, concorda?

Por isso, vem saber o passo a passo para fazer uma organização financeira completa!

Passo a passo para suas finanças 

A seguir você vai conferir o passo a passo de como organizar a sua vida financeira. De antemão, tenha em mente que só ler e guardar na memória não será o suficiente, é preciso que você coloque em ação cada passo, que faça testes de como é a melhor forma para você e não desista.

A liberdade financeira está logo ali esperando por você.

1- Planeje e organize 

O primeiro passo não é nada mais que organizar e planejar cada etapa que você deseja seguir, aqui você deve ter em mente que é sobre você se planejar para ter tempo, disposição e persistência para fazer as atividades necessárias para atingir a organização financeira.

Inicialmente, o processo é desafiador, será trabalhoso e demandará disciplina, mas, com o passar do tempo, a organização financeira será um hábito. Então, nada de desanimar nas primeiras semanas, combinado?


2-Tenha um controle Financeiro

Anotações!

Essa é a regra básica para um bom controle financeiro. Seja em uma planilha, em um app, em um grupo pessoal no Whats App ou em um caderninho. Você precisa conhecer para onde o seu dinheiro está indo. Para isso, anote suas entradas e saídas,  faça balanços mensais e descubra onde você pode reduzir, mudar ou até mesmo colocar mais dinheiro. A regra é assumir o controle do seu dinheiro.


3- Defina objetivo financeiros

Quem não possui objetivos e metas não consegue progredir!

Definir os motivos que estão fazendo você planejar seu controle e seus investimentos funcionará como um guia. Sendo assim, é interessante que esses objetivos sejam anotados e estejam claramente relacionados às atividades que executará para obter sua organização financeira. Quanto mais clareza você tiver, mais fácil será o processo.


4- Quite suas dívidas

Antes de começar a parte de guardar dinheiro e construir sua base financeira, você precisa identificar suas dívidas, listá-las e definir quais são as mais urgentes – aquelas com juros pesados ou que já estão fazendo aniversário de atraso, e quais são aquelas que se encaixam no seu dia a dia.

Após ter ciência dessas informações, as coloque como prioridade no seu planejamento. Lembre-se que o problema não é ter dívidas, mas sim ter dívidas que se transformam em bolas de neve. Por esse motivo, você precisa encaixar cada dívida em seu orçamento mensal.


5- Faça uma reserva de emergência



Essa é uma dica chave!

Ter uma reserva de emergência é um requisito básico para poder viver uma vida mais tranquila. Ela serve para que momentos conturbados e situações não esperadas causem menos impacto. 

O recomendado é que você tenha uma reserva que cubra ao menos três meses do seu gasto mensal e que seja guardado em um tipo de investimento com baixo risco, como os títulos públicos e liquidez diária.


6- Invista em Educação Financeira

Essa é uma etapa que você já está fazendo, seu primeiro passo foi chegar aqui!

Organizar a sua vida financeira é um processo, ou seja, é contínuo e sempre pode ser melhorado.

A educação financeira é essencial e deve ser buscado com frequência! Quanto mais conhecimento tiver, melhores decisões com seu dinheiro você tomará.

Se quiser aprender todos os dias um pouco sobre finanças e investimentos, clica aqui e já aperta o botão de Follow!


7- Faça investimentos em renda fixa e variável

A tecnologia possibilitou com que os diversos tipos de investimentos chegassem aos mais variados grupos de pessoas. Essa facilidade de acesso a esses investimentos é algo excelente para a sua saúde financeira. 

Ter uma renda extra através dos rendimentos dos seus investimentos é uma ótima forma de chegar cada dia mais próximo dos seus objetivos e da realização dos seus sonhos. 


8- Desapegue daquilo que é um passivo

Existe uma definição de Ativos e Passivos. 

Ativo é aquilo que te faz ganhar dinheiro, como investimentos, trabalho, casas alugadas, etc. Os passivos são o que te fazem gastar mais dinheiro do que pode, como carros, imóveis, assinaturas de streaming, etc.

Essa dica não significa que você precisa sair vendendo carro, casa e tudo mais. O que quero que você entenda é que há coisas que você só tem porque um dia falaram que você precisava ou por agir no efeito manada, como quando todo mundo assinou a Netflix e você, que nem acompanha tantas séries, assinou também junto a mais outras 3 plataformas diferentes.

Essa dica se trata de identificar o que não é útil e dizer tchau! Às vezes, o menos é mais! 


9- Não crie desculpas

Quantas vezes você já ouviu que “dinheiro foi feito para gastar mesmo”, “pra que eu vou guardar dinheiro, se quando morrer não vou levar comigo?” ?

Essas desculpas só servem para afastar você  da sua liberdade financeira e criar barreiras para a mudança. Sendo assim, pode parar de inventar desculpinhas para cuidar do seu dinheiro e coloque em prática esses aprendizados aqui do artigo. 


10- Use tecnologias ao seu favor

Quase todas as pessoas possuem acesso a tecnologias e a buscadores de informação, por isso, usá-las ao nosso favor é um dos grandes trunfos modernos. Aqui na Positive Company temos um App gratuito para você organizar suas finanças na palma da sua mão e onde você for, incrível, né?

Assim como o Positive APP, existem outras formas de aprender sobre como cuidar do seu dinheiro e como otimizar seus gastos. Como o Buscapé, que é um site de comparação de preços, além disso, você também pode usar extensões e sites especializados em minerar cupons e promoções pela internet. Tudo para você gastar menos e de forma consciente!


11- Economize

Pode até ser óbvio, mas você sabe como fazer isso?

Economizar não é sobre cortar o cafezinho ou deixar de fazer todas as coisas que gosta. Trata-se, na verdade, de buscar formas de gastar de forma consciente, encontrar o melhor preço e momento para realizar as suas atividades e fazer suas compras. 

Lembra quando disse lá nas primeiras dicas sobre a importância de se planejar? Pois bem! Essas orientações se encaixam perfeitamente no tópico “economize”.

Procure nas suas contas as que possuem grandes juros, veja quais eletrodomésticos consomem mais, identifique o que faz seu dinheiro minar e faça as trocas necessárias ou, em caso de eletrodomésticos, só os ligue quando necessário. 

Passe a estipular gastos para cada atividade e busque sempre não consumir todo o valor estipulado, assim, você será capaz de administrar melhor seu dinheiro.


Reavalie e continue

Reavalie seus métodos de organização e busque formas de potencializar seus objetivos, só assim encontrará a melhor forma de organização para você. Teste cada passo, veja como cada uma dessas dicas irá se encaixar em sua rotina e continue estudando. 

Busque aprender novas formas de otimizar suas finanças, pois quanto mais conhecimento você obter sobre dinheiro e como fazer ele trabalhar para você, melhores serão as suas decisões e mais rápido terá sua liberdade financeira.



Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: